Exposições

Pedro Varela no Espaço Cultural do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos

blog.Category.None

Pedro Varela no Espaço Cultural do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos

“Paisagem Flutuante”, de Pedro Varela e curadoria de Rejane Cintrão

Nova exposição leva mensagem de otimismo aos pacientes e clientes do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos


São Paulo, 21 de fevereiro de 2012 – A instalação “Paisagem Flutuante”, do artista plástico Pedro Varela com curadoria de Rejane Cintrão, é a próxima atração do Espaço Cultural do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos. A iniciativa, que está em sua sexta edição, faz parte do programa Bem Viver que visa promover a qualidade de vida por meio de ações sociais, culturais e educativas. O espaço é aberto ao público diariamente e a nova exposição pode ser visitada a partir do dia 1º de março.


O artista trabalhou vinil adesivo em diferentes tons para cobrir os vidros e o piso do local. “A obra utiliza adesivos transparentes nos vidros e cores sólidas no chão. Conforme o sol bate nas vidraças, as formas vão se modificando e se desmanchando em um mar de cores”, afirma Varela. Acostumado a criar instalações em espaços inusitados o artista pretende levar mensagem de otimismo para o ambiente hospitalar. “As minhas exposições são lúdicas, um convite para a interação”.


Além dos adesivos, recortados e colados manualmente pelo próprio artista, esculturas em MDF e papel transportam o espectador para um ambiente urbano transformado. “É uma cidade que foge ao convencional, com construções que remetem a diferentes arquiteturas, lugares e épocas organizadas de uma maneira divertida.”


Para a curadora Rejane Cintrão, o vinil adesivo, principal material utilizado nas obras feitas no Espaço Cultural do hospital, é um desafio extra. “Normalmente, os artistas trabalham uma matriz no computador e imprimem os desenhos no adesivo. A diferença deste artista é que recorta e cola o vinil manualmente, criando instalações únicas”, afirma. Rejane ainda destaca a importância da ação desenvolvida pelo Complexo Hospitalar. “O projeto possibilita que as pessoas conheçam artistas em ascensão já que os mesmos nomes que expõe no CHEV estão em grandes museus brasileiros. No caso de Varela, a instalação feita para o hospital acontece em paralelo a mostra Tropical no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro.”


Sobre o artista – Formado em gravura pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em 2005 já expôs em galerias do Brasil e de outros países. Em 2010 fez parte da exposição coletiva “Gigante pela Própria Natureza” no Instituto Valenciano de Arte Moderna (IVAM), na Espanha. Estará em cartaz este ano no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro


Sobre o Espaço Cultural – Criado em julho de 2010 o Espaço Cultural do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos promove ações culturais abertas ao público em geral. Foi criado com o objetivo de levar arte aos clientes, comunidade e funcionários do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos. As exposições têm visitação diária e gratuita.


Localizado ao lado do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, o Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos atua em mais de 50 especialidades e conta com cerca de 780 médicos. Realiza aproximadamente 12 mil procedimentos cirúrgicos, 13 mil internações, 205 mil consultas ambulatoriais, 140 mil atendimentos de Pronto-Socorro e 1,3 milhão de exames. Dentre os selos e certificações obtidos pela instituição, destaca-se a Acreditação Hospitalar Nível 3 – Excelência em Gestão, concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e o Prêmio 100 Melhores Empresas para Trabalhar Brasil 2011.


“Paisagem Flutuante”, de Pedro Varela e curadoria de Rejane Cintrão
Abertura: 29 de Fevereiro as 19h30
A partir de 1º de março de 2012, diariamente
Espaço Cultural do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos
Rua Borges Lagoa, 1450, Vila Clementino, São Paulo
Informações: 5080-4000 ou www.hpev.com.br
Entrada livre e gratuita

Related news

Images