Exposições

FERNANDO VELÁZQUEZ | MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA DE GOIÁS

blog.Category.None

FERNANDO VELÁZQUEZ | MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA DE GOIÁS

Fernando Velazquez, Reconhecimento de Padrões

De 19 de Julho à 17 de Agosto, Fernando Velázquez convida para a exposição Reconhecimento de Padrões com curadoria comparetilhada de Gilmar Camilo e Fernando Velazquez e texto crítico de Lucas Bambozzi a mostra acontece no Museu de Arte Contemporânea de Goiás


Reconhecimento de Padrões


Em Reconhecimento de Padrões o artista Fernando Velázquez amplia a sua pesquisa no âmbito dos sistemas interativos e da experimentação com dispositivos alternativos de imagem em movimento com os quais comenta o fenômeno da crescente mediação da realidade imposta pelos dispositivos tecnológicos.


O reconhecimento de padrões é uma área do conhecimento cuja genealogia remonta aos estudos estatísticos, e por tratar de forma geral de classificação e categorizarão de padrões ou classes, foi adotada por áreas diversas das ciências humanas como a psicologia, antropologia dentre outras. Mas por sobre tudo, nos dias de hoje, está fortemente ligada à cibernética. São algoritmos de computador por exemplo, que analisam as câmeras de segurança em cidades, aeroportos, e no planeta inteiro (desde o espaço) a procura de comportamentos dentro e fora da norma, que determinam as estruturas de controle e poder.


Na instalação interativa, Velázquez aponta para a complexa relação entre o ser humano, o ambiente e os sistemas digitais que atravessam e regem o mundo contemporâneo. Repetição e diferença, sincronicidade e aleatoriedade, são alguns dos recursos que o artista utiliza para editar as imagens de natureza captadas, ora desde o ar através de um drone (perspectiva da máquina), hora desde o chão (matriz da perspectiva humana). A circulação do visitante na sala interfere na paisagem projetada em 12 planos introduzindo ruído no circuito, as imagens se aceleram ao contaminar-se da presença humana reconfigurando temporariamente o espaço.


Por outro lado, o conjunto de imagens impressas se comporta como documentos que se configuram entre o estético e o científico. Transparecem a busca de padrões, sem evidenciar claramente uma estrutura lógica propondo um espaço de reflexão que nos convoca sutilmente a observar o cotidiano com renovada atenção.


 


A abertura é no dia 19 de Julho às 17h


Galeria Cleber Gouveia
Museu de Arte Contemporânea de Goiás
Centro Cultural Oscar Niemeyer 


Entrada FRANCA


Av. Deputado Jamel Cecílio, 4490
Setor Fazenda Gamaleira
 



Notícias relacionadas

Imagens