Exposições

James na InterAKTION 25 anos da Reunificação Alemã - 30 anos do final da Ditadura no Brasil

blog.Category.None

 James na InterAKTION 25 anos da Reunificação Alemã - 30 anos do final da Ditadura no Brasil

jamesnaalemanha

No final de 1993 o castelo e o parque Sacrow de 26hectares foram transferidos a Instituição de Castelos e Jardins. No mesmo ano começou a restauração histórica. As fortificações de fronteira já haviam sido eliminadas pela guarda de fronteira. A associação estabeleu a si própria a tarefa de apoiar a conservacão e restauração dos significativos edifícios históricos e culturais em Sacrow e arredores. Ars Sacrow vai ajudar a tornar estes monumentos mais vivos, atraentes e bonitos para os visitantes e moradores. A exposição InterAKTION – Cultura brasileira: 25 anos da Reunificação Alemã – 30 anos do final da Ditadura no Brasil é parte desta plataforma.


Para o Intercâmbio cultural entre a Alemanha e o Brasil é importante exaltar que o continente latino- americano, e neste caso o Brasil, desde o então chamado “descobrimento“ em 1500 chamou a atenção de pesquisadores e artistas viajantes. Muitas expedições exploraram o novo continente a fim de especificar a noção do "Novo Mundo“ para a Europa. Os habitantes nativos, os Indios, e depois a nova constelação etnográfica de europeus na posição de governantes e os africanos como escravos, trouxeram uma interessante mistura de culturas e raças que foram repetidamente exibidas e disseminadas na Europa pelos artistas.



No último século houveram casos isolados de artistas brasileiros que viveram e trabalharam na Alemanha, cujos trabalhos foram exibidos. Se dermos um salto no tempo, foram realizadas repetidas vezes tentativas de intercâmbio entre as duas culturas. A Bienal de Arte da São Paulo foi uma das primeiras grandes iniciativas deste tipo na América Latina. Quando observamos o contexto histórico, existe na arte brasileira o contexto de intercâmbio desde a fundação da Bienal de São Paulo em 1951. A Bienal surgiu a partir da iniciativa de um empresário de ascendência italiana, Francisco Matarazzo Sobrinho, a fim de promover um intercâmbio entre a arte brasileira e o que havia de melhor no campo das artes visuais no exterior. Já em 1952 é autorizada ao Brasil a construção de seu pavilhão em Veneza no terreno da Bienal.



Porém, historicamente o intercâmbio cultural sofreu com a Ditadura no Brasil a partir dos anos 1960. Foi introduzida em todas as áreas da cultura uma censura. A partir de 1978 houve uma abertura político-cultural. Pela primeira vez em 2006 o Brasil se apresenta na Alemanha em seu lado cultural com um programa interdisciplinar no contexto da Copa da Cultura na 'Haus der Kulturen der Welt'. Um cenário semelhante se formou em 2013 através da participação do Brasil como país convidado na Feira do Livro de Frankfurt. 2013/2014 foi celebrado o ano da Alemanha no Brasil.


Neste contexto, muitos projetos foram organizados, incluindo a exposição "A Arte que Pemanece" no Museu dos Correios em Brasília e no Rio de Janeiro. Foram exibidas 103 obras de 40 artistas da coleção privada de Francisco Chagas Freitas, que trabalhou de 1984 a 1991 no Departamento Cultural da Embaixada brasileira na então Berlim Oriental, quando começou sua coleção de arte que hoje conta com mais de 1000 obras.



Agora no ano de 2015 temos a oportunidade de organizar no Castelo Sacrow uma exposição coletiva de artistas brasileiros. InterAKTION – Cultura Brasileira, Exposição, Performance, Literatura, Filme – 25 anos da Reunificação Alemã – 30 anos do fim da Ditadura no Brasil. As posições individuais refletem através de diversos meios artísticos o debate e evolução política das últimas décadas. Os trabalhos nãoo são nem políticos nem placativos, mas repletos de ironia, estética e olhar crítico. A narrativa é ora explícita, ora ocultada nas posições artísticas dos protagonistas deste projeto, que vivem em parte no Brasil e na Alemanha. Eles pertencem a diferentes gerações, de modo que o público possa vivenciar um extenso espectro da cultura brasileira.


Com curadoria de Tereza Arruda, a exposição contará com uma instalação site specific do artista James Kudo, representado pela Zipper Galeria e outros artistas de grande representação.

Notícias relacionadas

  • 19 de Outubro de 2015 às 15:31

    João Castilho - Festival Videobrasil e Bienal do Mercosul

    Link para a notícia
  • 28 de Março de 2013 às 13:46

    Pedro Varela | Le Brésil Rive Gauche

    Link para a notícia